Você que é turista brasileiro e deseja dirigir no país de destino deve estar atento à necessidade de um documento que pode ser facilmente obtido no Brasil, a Permissão Internacional para Dirigir (PID). Em alguns casos, ela pode até ser exigida, como no aluguel de veículos.

Publicidade
Curta e compartilhe

Para obtê-la, basta se dirigir a qualquer posto do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vigente – exceto para condutores habilitados com a Autorização para Conduzir Ciclomotor (ACC) – e comprovante de residência.

No Maranhão, o Detran cobra uma taxa de cerca de R$ 95 pela emissão da PID (incluindo consulta ao Registro Nacional de Carteiras de Habilitação – Renach, recadastramento, etc.), que pode ser recebida em até 48h – embora no meu caso tenha sido em uma semana.

Desde 2006, a PID é emitida no país conforme o padrão estabelecido na Convenção de Viena. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), ela é reconhecida e aceita em mais de 100 países, embora não substitua a CNH no território brasileiro – vale ressaltar.

Veja onde a PID é aceita: África do Sul, Albânia, Alemanha, Anguila (Grã Bretanha), Angola, Argélia, Argentina, Arquipélago de San Andres Providência e Santa Catalina (Colômbia), Austrália, Áustria, Azerbaidjão, Bahamas, Barein, Bielo-Rússia, Bélgica, Bermudas, Bolívia, Bósnia-Herzegóvina, Bulgária, Cabo Verde, Canadá, Cazaquistão, Ceuta e Melilla (Espanha), Chile, Cingapura, Colômbia, Congo, Coréia do Sul, Costa do Marfim, Costa Rica, Croácia, Cuba, Dinamarca, El Salvador, Equador, Eslováquia, Eslovênia, Espanha, Estados Unidos, Estônia, Federação Russa, Filipinas, Finlândia, França, Gabão, Gana, Geórgia, Gilbratar (Colônia da Grã Bretanha), Grécia, Groelândia (Dinamarca), Guadalupe (França), Guatemala, Guiana, Guiana Francesa (França), Guiné-Bissau, Haiti, Holanda, Honduras, Hungria, Ilha da Grã-Bretanha (Pitcairn, Cayman, Malvinas e Virgens), Ilhas da Austrália (Cocos, Cook e Norfolk), Ilhas da Finlândia (Aland), Ilhas da Coroa Britânica (Canal), Ilhas da Colômbia (Geórgia e Sandwich do Sul), Ilhas da França (Wallis e Futuna), Indonésia, Irã, Iriã Ocidental, Israel, Itália, Kuweit, Letônia, Líbia, Lituânia, Luxemburgo, Macedônia, Martinica (França), Marrocos, Mayotte (França), México, Moldávia, Mônaco, Mongólia, Montserrat (Grã Bretanha), Namíbia, Nicarágua, Níger, Niue (Nova Zelândia) Noruega, Nova Caledônia (França), Nova Zelândia, Nueva Esparta (Venezuela), Panamá, Paquistão, Paraguai, Peru, Polinésia Francesa (França), Polônia, Porto Rico, Portugal, Reino Unido (Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales), República Centro Africana, República Checa, República Dominicana, Republica Eslovaca, Reunião (França), Romênia, Saara Ocidental, Saint-Pierre e Miquelon (França), San Marino, Santa Helena (Grã Bretanha), São Tomé e Príncipe, Seichelles, Senegal, Sérvia, Suécia, Suíça, Svalbard (Noruega), Tadjiquistão, Terras Austrais e Antártica (Colônia Britânica), Território Britânico no Oceano Índico (Colônia Britânica), Timor, Toquelau (Nova Zelândia), Tunísia, Turcas e Caicos (Colônia Britânica), Turcomenistão, Ucrânia, Uruguai, Uzbequistão, Venezuela e Zimbábue.

Foto: Jessie Araya

Gostou do conteúdo? Então, deixe seu comentário! Ele é muito importante para mim.

Envie sua sugestão de novos assuntos pelo Messenger. Curta e siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, Twitter e Instagram; e inscreva-se no canal no YouTube. Receba, ainda, novidades e ofertas exclusivas por e-mail inscrevendo-se na newsletter.