Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que no fim do segundo trimestre de 2016 o desemprego ficou em 11,6% no Brasil, a maior taxa da série histórica com início em 2012. Mas em caso de desemprego, é possível encontrar reestruturação financeira para atravessar esse período e estar prevenido para imprevisto?

Coleta seletiva: veja onde descartar resíduos recicláveis em São Luís
Publicidade
Curta e compartilhe

LEIA OUTRAS DICAS

O educador financeiro e presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, Reinaldo Domingos, lista 10 orientações para organizar finanças em caso de desemprego:

Gostou do conteúdo? Então, deixe seu comentário! Ele é muito importante para mim.

Envie sua sugestão de novos assuntos pelo Messenger. Curta e siga o Blog do Maurício Araya no Facebook, Twitter e Instagram; e inscreva-se no canal no YouTube. Receba, ainda, novidades e ofertas exclusivas por e-mail inscrevendo-se na newsletter.

Pagar dívidas imediatamente?
Crie uma reserva emergencial
Analise sua realidade
Congele ferramentas de crédito
Faça uma faxina financeira
Mude seu padrão de vida
Negocie as dívidas
Fuja dos exploradores
Busque fazer bicos
Levanta e sacode a poeira