Mortes violentas na Região Metropolitana (2016)

Mortes violentas na Região Metropolitana (2016)

Região Metropolitana

Total de crimes violentos letais intencionais (mortes violentas) – somando casos de homicídios dolosos, roubos seguidos de morte (latrocínios) e lesões corporais seguidas de morte – nos quatro municípios – São Luís, São José de Ribamar, Paço do Lumiar e Raposa:


Homicídios dolosos


Roubos seguidos de morte (latrocínios)


Lesões corporais seguidas de morte


São Luís


Orientações da polícia

Veja dicas para evitar ação de bandidos:

Assalto em veículo

  • Estacionar em lugar movimentado e iluminado
  • Usar sistema de alarme, chave geral e correntes na direção
  • Evitar armas e documentos no porta luvas
  • Ao estacionar ou parar em cruzamentos, principalmente a noite, observe pessoas suspeitas nas proximidades
  • Som, rodas e certos acessórios despertam a atenção de marginais
  • Evite deixar objetos de valor no interior de seu carro
  • Em caso de assalto, não reaja

Na residência

  • Sistema de alarme é sempre eficaz
  • Não deixar luz acesa durante o dia
  • Um bom cão de guarda
  • Atender à porta após identificação prévia
  • Manter a porta da garagem sempre fechada
  • Aguardar o fechamento de portões de comando eletrônico
  • Não aceitar a entrada de técnicos não solicitados
  • Ao sair ou retornar da residência, observe as proximidades e se constatar a presença de estranhos, não entre
  • À noite, deixe pelo menos uma lâmpada acessa na área de maior risco da residência (utilizar foto-células)
  • Manter escadas e ferramentas em lugar seguro
  • Na perda das chaves, troque os segredos das fechaduras
  • Ao viajar, avise parentes ou vizinhos de confiança, para que esporadicamente verifiquem a residência e façam a coleta de correspondências
  • Oriente familiares e empregados para que não comentem com estranhos sobre os bens que a família possui tanto como seus hábitos
  • Não dê informações por telefone para pessoas desconhecidas

No dia do pagamento

  • Lembre-se: um alvo fácil é sempre mais procurado
  • Não comente sobre seu salário com pessoas de pouco convívio
  • Evite a conversa com pessoas estranhas dentro ou fora do banco
  • Nos dias de pagamento, adote medidas de segurança mais severas
  • Observe se alguém está seguindo-o
  • Se precisar transportar muito dinheiro, não ande sozinho, peça a companhia de parentes, amigos ou seguranças

No ônibus

  • Ao pagar, procure levar o dinheiro trocado ou utilizar o vale transporte
  • Cuidado com objetos alvo dos punguistas como bolsas, carteiras, correntes, pulseiras, entre outros
  • Evite ficar junto à porta de embarque e de desembarque, pois é o local propício para a prática de punguistas
  • Mantenha a bolsa ou capanga na frente do corpo
  • Não carregue muito dinheiro, nem deixe a carteira no bolso de trás

Em deslocamentos

  • Ao notar que está sendo seguido, procure mudar várias vezes o lado da calçada
  • Não carregue objetos de valor, grandes quantias de dinheiro ou cartões de crédito, se não houver necessidade
  • Evite lugares sem iluminação e com pouco movimento

Em caixas eletrônicos

  • Não revele sua senha para terceiros
  • Em caso de dificuldade, comunique-se com funcionários do banco
  • Observe atentamente as pessoas em atitudes suspeitas próximas ao local
  • Evite horários e locais de maior risco
  • Evite realizar saque de grandes quantias

Sequestro-relâmpago

  • Não reaja em nenhuma circunstância
  • Procure obedecer todas as exigências do bandido
  • Tente observar as características físicas, cicatrizes e marcas
  • Peça auxílio à polícia assim que for libertado

Nas escolas

  • Trate o seu filho como amigo, demonstrando seu afeto e preocupação pelo seu desenvolvimento
    Conheça os amigos de seu filho
  • Ensine as crianças a pedir auxilio à polícia (pessoalmente ou por telefone) ou às pessoas conhecidas, quando perceber estranhos em atitudes suspeitas ou que estejam molestando
  • Não aceitar balas, doces, presentes, ou brinquedos de pessoas desconhecidas
  • Oriente seus filhos para não desviarem do trajeto casa-escola-casa, sem prévio acordo
  • Evitar transitar utilizando joias, tênis ou roupas caras
  • Oriente seus filhos para que se afastem de situações perigosas, tais como: armas, acidentes, aglomerações, discussões, etc.

Fonte: Secretaria de Estado da Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA)